Quando o bebê deve dormir na cama


Algumas mamães têm uma imensa dificuldade em deixar o seu filho dormir na sua própria cama. Com isso, ele vai crescendo, crescendo e nada de mudar para seu quarto E, quando isso acontece, inúmeras vezes a criança ganha a permissão de ir dormir com os pais na hora que quiser. Quando se percebe, o hábito já está estabelecido e ele já não consegue passar a noite longe da cama deles. Acompanhe o nosso artigo e veja a seguir quando o bebê deve dormir na cama!

Quanto mais velha, mais difícil fica essa transição?

Não existe uma idade certa para a transição. Ela deve ocorrer quando os pais se sentirem seguros e confortáveis com isso. Mas claro, quanto mais velha ela fica, mais difícil esse momento se torna. Isso porque o pequeno se habitua com a presença do adulto para conseguir pegar no sono.

Como acostumar o seu filho a dormir na cama?

Quanto antes uma rotina de sono for estabelecida ao bebê, melhor. É recomendável iniciar rituais de sono por volta de um 1 ano de idade, quando a criança começa a conseguir pegar coisas com as mãos e os pais podem introduzir um objeto de transição. Quando o bebê estiver pegando no sono, deixe que ele segure uma fralda, cobertor ou naninha. O movimento repetido com as mãos vai auxiliá-lo a adormecer. De preferência, coloque-o na cama ainda acordado, para que ele perceba onde está. Assim, ao acordar, ele não se sentirá inseguro. O quarto pode ficar iluminado com uma lâmpada azul, que produz uma luz suave para que o bebê não acorde completamente no escuro e não atrapalha em nada o sono. Mesmo que pareça muito duro ou corte o seu coração deixar o seu filho dormindo sozinho, vale investir nesse hábito, para você e para ele.
Quando o bebê deve dormir na cama
Você terá noites mais tranquilas e ele ganha, aos poucos, a autonomia de que é necessário para lidar com muitos desafios que virão. Claro que no meio do caminho as coisas podem ficar meio fora de ordem. Uma pesquisa feita pela Universidade de Haifa, em Israel, mostrou que, quando começam a engatinhar, por volta de sete meses, os bebês passam a acordar mais vezes durante a noite do que antes. Um dos motivos, diz o estudo, está no fato de que engatinhar desencadeia uma série de mudanças motoras e emocionais no desenvolvimento do bebê, que necessitam ser organizadas pelo cérebro e que acabam levando a essa piora temporária do sono. Mas sempre que isso ocorrer, resista à tentação de levá-lo para adormecer com você. Fique por perto, devolva objeto de transição nas mãos dele, faça um carinho ou cante uma música e saia, para que seu filho aprenda a voltar a dormir sozinho.

A criança pode acostumar a dormir na própria cama, e de repente, voltar a querer ficar com os pais?


Quando o bebê deve dormir na cama
Sim. A criança está em constante desenvolvimento e é comum que passe por situações de dificuldade (seja na escola, seja com os irmãos), de medo e de angústias, entre outras. Nessas fases, é normal que peçam para dormir com os pais. Deixar ou não deixar depende da estratégia de cada um, mas é fundamental conversar com o pequeno, ver o porquê e de onde vem essa necessidade e fazê-la se sentir acolhida e compreendida.


•••