Posso dar mesada ao meu filho?


Dar ou não mesada ao meu filho, é uma questão que alguns pais acham errado e outros certo. Alguns pais dizem: Eu não vou dar mesada ao meu filho pois ele não sabe dar valor ao dinheiro, é então que alguns pais se enganam. Se for ensinado da maneria correta, a criança vai compreender o valor que aquele dinheiro tem em suas mãos.

Através da mesada a criança vai aprender que para ter algo ela precisa de dinheiro e se não tiver no momento ela terá que esperar ou economizar para adquirir aquele objeto que tanto deseja. O valor da mesada e o tempo em que ganha, varia de idade para idade.

Posso dar ou não mesada ao meu filho?

Você não só pode como deve dar mesada ao seu filho. A mesada é um valor acordado entre o filho e os pais, que deve ser entregue regularmente para uso particular do filho, mas claro com supervisão dos pais, principalmente se for muito pequeno, afinal, seu filho não é independente, quando ele recebe a mesada ele senti um gostinho de independência, mas apenas o gostinho, pois não são. O fato de ter dinheiro o fará pensar de que maneira ele irá gastar, assim começando a dar valor ao dinheiro.

Idades para ganhar mesada

Até uns 6 anos, para que a criança comece a se familiarizar com o dinheiro, pode ser dado eventualmente e em quantias pequenas. Um valor para que ela compre um chocolate, um sorvete, assim ela vai percebendo a relação que o dinheiro tem com algo que ela deseja e que sem o dinheiro ela não pode possuir aquele sorvete por exemplo.

Entre 6 e 7 anos, durante essa fase pode começar a dar mesada semanalmente, mas ainda em valor pequeno.

Entre 8 e 11 anos, o tempo pode aumentar, pode ser de 15 em 15 dias, nessa a fase a criança já tem noção de tempo e valor.

A partir do 12 anos, a criança já esta bastante familiarizada com o dinheiro e tempo, então pode ser mensalmente.

Posso dar mesada ao meu filho

Posso dar mesada ao meu filho?

Importante!

A mesada junto com orientação dos pais vai ensinar os filhos a darem valor ao dinheiro, a comprar aquilo que está em seu orçamento e não mais que isso.

A mesada não serve para a criança comprar suas roupas, ou como prêmio por suas boas notas na escola. A mesada vai servir como um instrumento de educação financeira, desde pequena aprendendo a valorizar o dinheiro, quando torna-se adulta, vai saber ter um bom equilíbrio financeiro, sem se afundar em dívidas ou coisa do tipo.

E nunca pague para a criança fazer alguma atividade, seja ela doméstica ou outra qualquer, ela precisa entender que essas coisas são deveres, como forrar a cama, arrumar o quarto, tirar o prato da mesa, dentre outras.

A criança deve aprender a poupar pelo menos 20% da mesada para caso ele precise la na frente com acontecimentos fora do cotidiano, com isso ele aprenderá a economizar e gastar apenas o que realmente é necessário.

E quando é mais de um filho?

Nos casos de 1 ou mais filhos em casa, a regra é a mesma, ir sempre obedecendo a faixa etária da criança e sempre com as mesmas orientações.

No caso se um deles não quiser receber mesada, isso não pode torna-se uma vantagem, enquanto um recebe e tem o dinheiro certinho todo mês, sempre a mesma quantia, o outro que não recebeu tem o que quer na hora que ele quiser. Não! Isso não pode ocorrer jamais. Tem que ter o mesmo equilíbrio para ambos.

Ainda se perguntando: Dar ou não mesada ao meu filho?

Aconselhamos você a dar mesa.

Educação financeira é uma fase importante para o desenvolvimento da criança!


•••