Meu bebê está com febre, e agora?


Um quadro que sempre preocupa os pais é em relação a febre, ela ocupa um dos primeiros lugares entre as preocupações dos pais. Não é uma doença e sim um sintoma que representa algum problema no organismo, como por exemplo uma infecção. Mas também é importante salientar  que o aumento da temperatura é um processo normal e que vai acontecer várias vezes na vida da criança, não é necessário ser sempre uma infecção.

Na maioria dos casos os pais medicam os filhos sem orientações médicas, mas não é o correto a se fazer. Primeiramente deve-se verificar a temperatura, especialistas afirmam que uma temperatura entre 37 e 37,5 graus em um bebê não é febre propriamente dita, os médicos consideram  uma temperatura acima de 37,5 graus.

Meu bebê está com febre, e agora?

Para conseguir distinguir uma febre normal de uma grave é necessário não apenas verificar a temperatura mais também a idade da criança. Se ela estiver com 38 graus, mas estiver brincando, comendo e fazendo suas atividades normais, torna-se menos preocupante que uma criança com temperatura de 37,8 graus que esteja chorando e sem querer se alimentar.

Se seu bebê estiver agindo de forma estranha, procure um médico, pois a febre dependendo da sua proporção pode significar algum problema grave.

Algumas dicas

  • Se seu filho tiver menos de 3 meses e sua temperatura estar acima de 37,8 graus, deixe-o com poucas roupas, espere um tempo e verifique a temperatura novamente, se a temperatura não baixar procure um médico, não utilize medicamentos sem orientações de um especialista;
  • No caso de bebês com menos de 1 mês, qualquer febre precisa ser analisada logo de início pelo médico ;
  • Bebês acima de 3 meses precisam ficar em observação por 48 horas, se a febre não cessar, procure o médico;
  • Em febres acima de 39 graus procure o médico imediatamente;
  • Se for a primeira febre do bebê, tente entrar em contato com o médico por telefone;
  • Evite levar a criança sem necessidade ao pronto socorro, para não expô-la a bactérias e vírus;
Meu bebe esta com febre e agora

Bebê com febre

Nunca dar remédio ao bebê antes de consultar o médico, é de extrema importância esse cuidado. Sempre fale com o médico, ele vai saber recomendar o remédio correto.

Nunca dê aspirina à crianças com menos de 16 anos, alguns compostos desse remédio já foi ligado a uma síndrome rara, além de proporcionar problemas estomacais.

Quando seu bebê estiver com febre aposte nos líquidos, para que ele não desidrate pela transpiração. Você também pode dar um banho morno.

Fique alerta!

É comum que as crianças tenham febre depois de tomarem vacinas. Também nos casos de resfriado mais intensos, dor de garganta, dor de ouvido, infecções virais, dentre outras.

É importante que os pais fiquem atentos a temperatura da criança, pois se a temperatura subir muito ela pode ter convulsões. Nesses casos tente manter a cabeça da criança de lado para que ela não se engasgue e logo após o episódio de convulsão leve-a ao médico. Mas o ideal é fazer os procedimento corretos para que a febre baixe e ela não chegue ao estágio de convulsão. Convulsões na infância se não tratada pode fazer com que a criança tenha esses episódios até sua fase adulta.

Procure o médico e siga suas orientações!


•••