Ganho de peso na gestação


Muitas mães se preocupam com o ganho de peso na gestação, o que é algo absolutamente normal. Durante a gravidez, seu corpo vai se modificar bastante, criando o ambiente perfeito para que seu bebê possa crescer forte e saudável.

Ganho de peso na gestação

Mas é claro que há um aumento de peso considerável saudável e que é mais facilmente perdido logo depois do parto. Vamos fazer as contas:

* Aproximadamente 3,3kg serão somente do bebê

* O útero, também aumenta bastante de tamanho e vai se fortalecendo para deixar o bebê confortável. Até o final da gestação somente o útero pode pesar algo em torno de 900 gramas.

* A placenta também é importante, já que protege e sustenta o bebê enquanto ele estiver crescendo. E até a hora do parto, ela pode chegar a pesar 700 gramas.

Somente aí já foram quase 5kg. Ainda temos que contar com o aumento dos seios devido à produção de leite, o líquido amniótico que pode chegar a pesar até 2kg, o volume de sangue que aumenta para ajudar seu corpo a funcionar melhor e também um pouco de gordura, que naturalmente vai aumentar para que você tenha energia o suficiente para aguentar o período de amamentação que virá logo em seguida.

Ou seja, em média, uma mulher pode pesar até aproximadamente 12kg a mais do que pesava antes de engravidar, naturalmente, sem ser exagerado. É óbvio que estes valores são aproximados e cada organismo funciona de forma diferente. Mas é só para dar uma ideia de que grande parte do peso que uma grávida ganha durante a gestação será rapidamente perdido após o parto.

Ganho de peso na gestação

Mas, além disso, é preciso saber exatamente qual é o IMC antes da gravidez. Se a gestante estava acima do peso ideal antes de engravidar, deverá ter uma atenção especial e engordar um pouco menos.

Em todos os casos, o médico que está acompanhando a gravidez poderá ajudar a calcular qual é o peso ideal para cada mulher durante a gestação. Há uma generalização que é normal engordar até 1kg por mês, sem causar grandes problemas, mas o ideal é conversar sempre com o médico. Em alguns casos o acompanhamento de um nutricionista também pode ser bastante proveitoso.

É claro que a gravidez não é um momento para fazer dietas restritivas e que possam vir a prejudicar a quantidade de vitaminas e energia que o bebê precisa para se desenvolver, mas uma gestante que está preocupada com seu aumento de peso pode sempre tomar cuidado com o excesso de alimentos muito calóricos, açúcar e gordura. É possível se alimentar bem ingerindo um volume ainda maior de frutas e verduras para garantir que o peso vai permanecer saudável durante todo o período da gravidez.

Uma gestante também poderá continuar praticando atividades físicas leves durante a gestação para manter a queima de energia. Atividades como caminhadas leves, pilates, algumas modalidades de dança e até de musculação podem ser praticadas sem grandes riscos para o bebê se a saúde da mãe estiver em dia. De qualquer forma, não é indicado iniciar nada sem o consentimento do médico.


•••