Ensinando a criança andar de bicicleta


A maior parte da população quando criança aprende a andar de bicicleta. Esse aprendizado pode ser rápido ou não, mas isso não vem ao caso, porque a felicidade é contagiante no momento em que sentamos no banco e começamos a pedalar. É uma sensação de liberdade e de conquista inigualável, que fica ligada às melhores memórias de infância para sempre. A idade adequada para ensinar as crianças a andar de bicicleta é a partir dos 3 anos. Confira a seguir dicas para ensinar a criança andar de bicicleta!

Qual é a bicicleta ideal para o seu filho?

As bicicletas variam de acordo com a idade e a altura da criança. É fundamental usar uma bike adequada que permita o apoio dos pés no chão sem maiores dificuldades.

Andar de bicicleta Sempre com segurança

Durante a aprendizagem algumas quedas são inevitáveis, por isso vista seu filho com os equipamentos de segurança adequados. Capacete é o item principal. Se tiver joelheiras e cotoveleiras melhor, elas protegem as áreas mais sensíveis em eventuais tombos. Mesmo depois que seu filho aprender a pedalar sozinho não abra mão desses equipamentos pois a confiança vai elevar e, naturalmente, os riscos vão crescer.
ensinando a criança andar de bicicleta

Métodos de ensino mais populares

Rodinhas de apoio: As bicicletas infantis vêm equipadas com rodinhas de apoio, no caso, duas rodas extra nas traseiras que facilitam o equilíbrio e manuseamento da mesma. Embora este seja o método de aprendizagem mais lento é, supostamente, o mais seguro, até ao momento em que a criança já está completamente à vontade e uma velocidade grande pode naturalmente virar a bicicleta, resultando em quedas e lesões. Mesmo com este tipo de bicicleta, a vigilância de um adulto não é dispensada e a fase de prática será mais fácil se encontrar uma zona de relva plana. Uma vez que a criança não necessita de se preocupar em manter a bicicleta de pé e direita, este método permite uma maior concentração nas técnicas de pedalar e guiar. À medida que for ganhando confiança e destreza, as rodinhas de apoio podem ser subidas, o que vai criar um ligeiro desequilíbrio ao qual a criança terá de responder. É geralmente nesta altura que se retiram as rodinhas de apoio e se avança para o aperfeiçoamento sobre duas rodas apenas.

Bicicleta mais pequena: em substituição das rodinhas de apoio recomenda-se que a criança aprenda a andar de bicicleta unicamente sobre duas rodas com recurso a uma bicicleta que seja mais pequena do que a desejada ou então que permita descer significativamente o assento. Para permitir que a criança possa naturalmente pousar os dois pés no chão: este método de aprendizagem foca, em primeiro lugar, o equilíbrio, e só depois o pedalar e o guiar. A concentração na obtenção do equilíbrio é facilitada porque a criança pode colocar os pés no chão mal se sinta desequilibrada, e assim explorar o movimento da bicicleta com menos receio, começando, por exemplo, em um local com uma pequena inclinação para que a pequenada perceba e sinta o impulso frontal. Apesar disso, há quem tire os próprios pedais, para que a criança possa, com os pés no chão, aprender a manusear a bicicleta à vontade. Quando sentir que a criança está pronta para avançar para outro nível, volte a colocar os pedais e vá subindo, aos poucos, a altura do banco. Se optou por usar uma bicicleta realmente mais pequena, estará na altura de transitar para uma maior.
ensinando a criança andar de bicicleta

Apoio de um adulto: Este é o método clássico de ensinar uma criança a andar de bicicleta. A criança senta-se na sua bicicleta, sem rodinhas de apoio e o pai ou a mãe segura-a pelos ombros, correndo ao seu lado ou atrás dela. Evite a tentação de pegar no assento ou nos guiadores, porque se o fizer vai influenciar o equilíbrio da criança sobre a bicicleta e ela não o vai aprender sozinha, como deve ser. Tal como o método das rodinhas de apoio, também esta técnica permite que a criança aprenda, em primeiro lugar, a pedalar e a guiar, seguido do equilíbrio, que também vai conquistando aos poucos. À medida que a pequenada ficar mais confiante e tiver mais prática, pode começar a largar a bicicleta aos poucos, deixando-a andar sozinha.

Cuidados

Certifique-se de que os freios estejam funcionando adequadamente e que os pneus estejam em boas condições. Sempre faça seu filho usar um capacete, luvas, joelheiras e cotoveleiras quando for treinar na bicicleta. Tente praticar sobre o gramado em vez do asfalto. A grama dá tração e estabilidade.


•••