Cuidado com o refluxo do bebê


É comum refluxo em bebês recém-nascidos, já que o intestino dos pequenos ainda é sensível e imaturo demais. Algumas vezes em que ocorre o refluxo não é preocupante, outras se deve procurar um pediatra, de preferência aquele que acompanhou toda sua gravidez e o nascimento do bebê. O mais importante é ficar atento a todos os sinais do seu filho, alguns desses sinais podem ser cruciais para identificar a causa do refluxo.

Se o refluxo do bebê ocorrer logo após a mamada e for em uma quantidade pequena, não é preocupante, já que é um processo natural do organismo do recém-nascido. O refluxo pode ocorrer também por alergia ao leite ou intolerância, ou dificuldade de digestão. Nesses dois últimos casos o médico precisa saber da situação para que possa indicar o melhor caminho para você e seu bebê.

Outras razões para o refluxo do bebê

A atenção aos sinais que são de extrema importância, porque são através deles que você irá identificar se a situação é preocupante.
Se o seu bebê tiver o refluxo após muito tempo depois da mamada e em uma quantidade grande, durante várias vezes, é um sinal de que algo está errado no organismo do bebê e, futuramente, pode vir a comprometer o crescimento e desenvolvimento do recém-nascido. Neste momento, busque ajuda do pediatra.

O refluxo do bebê também pode ser considerado doença em casos que contenham sinais como: sono agitado, quando o bebê não consegue ter um sono tranquilo, choro excessivo e irritação, pode ser sinal de dor ou incômodo, vômitos várias vezes ao dia, esse é um dos maiores sinais de preocupação, pois não é normal nem um adulto vomitar tantas vezes ao dia, quanto mais um recém-nascido.

refluxo do bebê

A dificuldade de mamar também é um sinal importante, já que fica claro que o bebê está com algum problema. Em recém-nascidos é comum que eles queiram mamar muitas vezes ao dia, por isso quando há dificuldades em realizar essa simples tarefa há de se procurar ajuda médica.

Inflamação no ouvido e na laringe (o bebê fica rouco) também é um sinal de que se deve procurar ajuda. E o último sinal que a mãe deve ficar atenta é quando você percebe que seu bebê não está ganhando peso.
Ao identificar qualquer um desses sintomas, procure um pediatra ou um gastroenterologista, pois ele irá identificar a causa do refluxo descontrolado e indicar o melhor tratamento.

Dicas para prevenir refluxos intensos no seu bebê

Evite ficar chacoalhando seu bebê e colocar roupas muito apertadas, já que esses dois procedimentos vão prejudicar o estômago do recém-nascido.

Quando o bebê estiver mamando, deixe o narizinho dele livre para respirar e evite que ele tome uma grande quantidade de leite, isso pode fazer com que ele vomite. Lembre-se o estômago do recém-nascido é muito delicado. Todo cuidado é pouco.

Evite balança-lo durante a mamada, senão pode fazer com que ele fique enjoado e vomite logo após a mamada.

É muito importante tomar todos os cuidados, uma vez que o bebê tenha problemas de refluxo é preciso cuidar, para não comprometer o desenvolvimento do mesmo.


•••