Como ser uma boa Mãe


O sonho de grande parte das mulheres é ser mãe. Mas quando chega a hora de viver essa fase mágica e gostosa, com ela também vem uma série de dúvidas e inseguranças sobre como agir quando o assunto é a educação dos filhos. Será que há alguma fórmula infalível para criar pessoas que realmente tenham caráter e amor ao próximo? A má notícia é que não existe receita pronta sobre como criar um filho e a boa é que seguir o seu coração e as dicas abaixo pode ajuda-la nesse dilema.

Como ser uma boa Mãe

1 – Não tente ser perfeita – Para ser uma boa mãe, você não precisa manter a casa limpa e cheirosa 24 horas por dia e colocar a comida à mesa todos os dias, religiosamente, ao meio-dia. Não se sinta culpada se alguma coisa ficar fora do lugar ou você tiver que preparar um prato congelado.

2 – Não seja rude, mas imponha limites – Está aí o equilíbrio que muitas mães têm dificuldade em encontrar. Muito se ouve dizer que as mães devem ser amigas de seus filhos, e isso não é errado. O problema começa quando acabam deixando que as crianças sempre dominem a situação e deixem de cumprir com suas obrigações. Ser uma mãe amiga e conselheira, também é ser uma boa mãe. Mas sem se esquecer que manter-se firme algumas também faz parte das suas responsabilidades.

3 – Estimule a autoestima e a independência dos seus pequenos – É natural que a mãe queira proteger os filhos. Mas não deixe que a vontade de resolver tudo por eles faça deles adultos dependentes e incapazes de tomar decisões. Deixe que eles sejam responsáveis por tarefas adequadas à sua idade e saiba valorizar e elogiar seus pontos positivos. Uma autoestima bem estruturada fará com que eles não aceitem relacionamentos destrutivos no futuro e tornem-se pessoas mais felizes e realizadas com suas escolhas.

como ser uma boa mae

4 – Ensine-os a desapegar – Vivemos em uma sociedade onde o consumismo é estimulado desde muito cedo. E essa se torna uma grande preocupação para as mães: como criar filhos que valorizem as coisas com tanto imediatismo que a mídia tenta incutir em nós? O melhor ensinamento é o exemplo. Ensine seus filhos na prática a comprar somente o que for realmente necessário, consertar o que ainda pode ser aproveitado, e doar (ao invés de jogar fora) o que estiver em bom estado e não forem mais utilizar. Acumular objetos que não são mais úteis para nós bloqueia o espaço da nossa casa e a energia de renovação da nossa vida.

5 – Tenha tempo para o seu filho – Fazer uma refeição juntos e ajudá-lo nas tarefas da escola são atividades que tendem a aproximá-la deles e entender melhor o que acontece em seu universo para poder orientá-los. Não seja grossa caso ele a chame e você esteja ocupada. Caso não possa atendê-lo, explique seus motivos e, quando possível, dedique sua atenção a ele de verdade. Fale olhando nos olhos e saiba ouvir o que ele tem a dizer. Isso fará uma grande diferença na formação do seu filho e refletirá em sua personalidade na vida adulta.


•••