Como enrolar bebês em cueiros?


Antes de falarmos de como enrolar bebês em cueiros, você já se perguntou por quê muitas vezes choram sem razão, já comeram, tomaram banho e estão limpinhos, sem dores e estão nos braços da mãe e mesmo assim não param de chorar. Isso torna-se um desespero para algumas mães. Existem técnicas que podem ajudar você, pois deixar o bebê confortável e quietinho é o que as mães desejam, mas nem sempre é uma missão fácil, principalmente para as mamães de primeira viagem. Mas não se desespere, pois existe uma técnica que ajudará você a enrolar bebês em cueiros.

A vovó ensina esse método infalível de como enrolar bebês em cueiros, o cueiro é um pequeno tecido quadrado macio e delicado, que vai garantir o conforto do bebê. O cueiro imita as condições do útero, delimitando os movimentos do bebê, deixando-os mais seguros, confortáveis e quentinhos. Mas é preciso ter cuidados na hora de enrolar bebês em cueiros, principalmente para não sufocar o bebê.

Como enrolar bebês em cueiros?

Aprenda agora a técnica que a vovó utilizava e veja como é fácil enrolar os bebês em cueiros:

Pegue uma manta retangular e abra na posição inclinada em um lugar plano, de preferência em cima da cama;

Dobre a ponta superior e vá formando um triângulo;

Coloque o bebê sobre a manta na altura dos ombros, deixando sua cabecinha para fora e posicione ele mais para o lado direito;

Coloque o bebê de lado e vá puxando a ponta do triângulo da esquerda segurando os bracinhos;

A ponta que você puxou da esquerda, coloque-a embaixo do bundo do bebê para ficar presa;

Puxe para cima a ponta inferior da manta, prenda-a na frente do bebê, por trás da manta;

Pegue a ponta da direita da manta e puxe para frente e depois para baixo, segurando esse pedaço da manta para não soltar;

Pegue a ponta inferior do lado direito da manta puxe para cima e prenda atrás do bebê na parte superior;

Verifique se está tudo no lugar certinho e se o bebê está confortável e seguro.

Como enrolar bebes em cueiros

Bebês em cueiros

Alguns cuidados que devem ser observados:

  • Verificar se o bebê está firme e preso corretamente para que não haja acidentes;
  • O cueiro só deve ser utilizado quando o bebê for dormir, acordado ele precisa ficar em movimentos, por isso não coloque bebês em cueiros quando acordado;
  • Fique sempre atento, quando a criança estiver utilizando o cueiro, para que ela não se sufoque com algum pedaço de pano que tenha ficado solto, por isso a importância de não deixar pedaços de pano soltos;
  • Cuidado com a temperatura para não super aquecer o bebê;
  • Quando o bebê tiver com seus movimentos mais maduros, rolando, sentando e mexendo-se muito, é hora de abandonar o cueiro;
  • Sempre colocar o bebê de barriga para cima;
  • Deixar as perninhas soltas dentro do cueiro, pois quando presas, acarreta danos no quadril da criança.
  • As perninhas devem estar ligeiramente abertas, em um ângulo de 45 graus. Já os joelhos dobrados e elevados acima da altura do bumbum.

São ótimos os benefícios para o bebê e para mãe que utiliza o cueiro. O bebê fica mais calmo, dorme melhor, sente-se seguro, ele chora menos e para mãe esses benefícios são maravilhosos, pois qual é a mãe que não quer tranquilidade para o seu bebê, não é verdade? Então vale a pena tentar.

Mas lembrando que deve-se tomar os devidos cuidados que foram citados a cima pra poder enrolar bebês em cueiros, evitando prejudicar a saúde do bebê pondo-o em risco.


•••