Castigar criança pode?


A palavra castigo muitas vezes assustam as pessoas, mas o castigo propriamente dito não é necessariamente dor física. Então surge a pergunta, castigar criança ou não? A educação da criança vem desde pequenino e é essa educação que a criança leva para fora de casa. O objetivo do castigo é impor limites no seu filho, é preciso ter um motivo para castigar criança e não fazer sem motivos, explica psicólogos.

As crianças precisam entender o motivo do castigo e não pensar que estão sendo castigadas sem motivo. Quando pequenina a criança tem que ser repreendida logo após o seu ato de rebeldia.

Faça cara feia, fale firme para que ela entenda que aquela ação foi errada e quando a criança fizer a coisa correta trate-a com amor e carinho, parabenize, mostre que você ficou feliz com aquela atitude. Assim ele irá crescendo sabendo o que é certo e errado.

Castigar criança pode?

Para alguns pais os “tapinhas” são essências para castigar criança, mas saiba que não. Os “tapinhas” não são opções corretas! Cada tapa que uma criança leva provocará raiva e medo, então ela não fará mais aquela mesma atitude, mas não por aprender que é errado e sim por medo, isso não é uma atitude saudável.

Conforme a criança vai crescendo e sendo punida com tapas e até com gritos, sua personalidade provavelmente será agressiva. Será aquela pessoa que tentará resolver tudo com gritos e agressões, pois foi o que ela aprendeu quando pequena.

castigar crianca pode

castigar criança

Já com as palavras firmes e o castigo sem tapas surtem mais efeito, pois a criança saberá que se fizer aquilo vai decepcionar os seus pais, o semblante dos pais indicará a decepção por ela ter cometido aquele erro.

Após castigar não se arrependa, não volte atrás, mesmo que a criança chore, pois ela usará isso como arma para se livrar dos futuros castigos. Tenha sempre calma, educar requer paciência e muita calma, afinal é a personalidade do seu filho que está sendo formada, são os pais que ensinam os limites do convívio social. Segue algumas dicas:

Explique o motivo do castigo

A criança após o seu ato de malcriação, os pais precisam conversar com o filho e mostrar a ele que foi errado e ele será punido não porque os pais querem e sim por uma coisa errada que ele mesmo fez. E retire do seu filho algo que ele goste muito como por exemplo, assistir algum desenho favorito, ou brincar com algum brinquedo.

Seja firme com suas palavras e atitudes

Após o castigo não volte atrás, se mantenha firme na sua decisão, a criança precisa saber que você está chateado(a) com a atitude que ela fez e não com ela. Seja justo com o castigo, não passe do limite.

Ensine seu filho a se desculpar pela atitude errada, mas antes disso ele precisa entender que foi errado o que ele fez e mesmo depois da punição ele precisa se desculpar, pois ele chateou seus pais.

A educação que seu filho tem dentro de casa é a mesma que ele leva para rua.


•••